Após escândalo, Lori Loughlin é demitida das séries do Hallmark Channel

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após sua filha Olivia Jade perder diversos contratos no ramo de moda e beleza, Lori Loughlin também sentiu as consequências depois do escândalo de comprar vagas em Universidade para as filhas.

De acordo com o site Deadline, nesta quinta-feira, dia 14, a atriz foi demitida de duas das suas séries do Hallmark Channel, Garage Sale Mysteries e When Calls The Heart.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lori Loughlin terá que pagar 1 milhão de dólares para deixar a prisão

Um representante do canal afirmou ao site: “Nós não estamos mais trabalhando com Lori e nem desenvolvendo mais nenhum projeto com ela, incluindo a Garage Sales Mysteries, uma produção independente de terceiros.”

Ainda não se sabe se a Netflix vai demiti-la do reboot de Três é Demais, o Fuller House.

Lori Loughlin está sendo acusada também de comprar vaga para outra filha, Isabella. A atriz Felicity Huffman é outra famosa envolvida no esquema.

Documentos descobertos pela mídia mostram que as suspeitas foram presas sob acusações de terem pago subornos de até US$ 6 milhões para colocar seus filhos em algumas das melhores universidades dos Estados Unidos, como Yale, Stanford e outras.

Dentro do esquema, os filhos das investigadas foram inscritos nas universidades como atletas recrutados, muito embora não tivessem capacidades atléticas de fato.

Dezenas de treinadores da divisão de futebol americano universitário também estão sendo investigados por sua participação no esquema.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio