Ator de O Poderoso Chefão afirma que Marilyn Monroe foi assassinada

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Gianni Russo, conhecido por ter interpretado Carlo Rizzi em O Poderoso Chefão, resolveu trazer a tona uma grande polêmica em sua recente autobiografia, intitulada “Hollywood Godfather”.

No livro, Russo afirma que a atriz Marilyn Monroe foi assassinada, e não cometido suicídio, como muitos acreditam.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carmen Argenziano, de O Poderoso Chefão 2 e Stargate SG-1, morre aos 75 anos

Russo afirma ainda saber o motivo da atriz ter sido morta: ele diz que quem encomendou a morte da atriz foi Robert Kennedy, irmão do presidente John F. Kennedy. O ator diz que Robert mandou matar Monroe para que o relacionamento entre ela e os dois irmãos Kennedy não se tornasse público.

O ator ainda revelou que teve um relacionamento romântico com a atriz. A biografia “Hollywood Godfather” será lançada no dia 12 de março.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio