Juiz nega mais tempo para Allison Mack, de Smallville, negociar acordo em processo de tráfico sexual

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Allison Mack, de Smallville, não terá mais tempo para negociar um acordo com a justiça norte-americana. A decisão foi tomada pelo juiz Nicholas Garaufis.

Com a decisão, Allison Mack deve ir a julgamento sem conseguir o acordo. O juiz não pretende mais atrasar a condenação, marcada para abril.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Recentemente, veículos norte-americanos chegaram a afirmar que a atriz estava perto de um acordo. Mas, para isso, precisaria de um pouco mais de tempo. Detalhes do possível trato não foram divulgados.

Allison Mack foi acusada em abril de 2018 por tráfico sexual, conspiração por tráfico sexual e conspiração por trabalho forçado por meio de seu envolvimento com o grupo NXIVM e seu subgrupo DOS.

Os promotores descreveram o grupo como uma sociedade secreta de mestres e “escravas” em que as mulheres supostamente foram forçadas a ser sexualmente submissas a Keith Raniere, co-fundador da organização. Mack está sob prisão domiciliar desde agosto de 2018.

O grupo, que ficou conhecido como um culto sexual, é acusado de obrigar mulheres a terem relações com o líder, Keith Raniere. Entre as acusações estão chantagem, por meio de vazamento de fotos íntimas, e até a marcação das iniciais do líder da NXIVM na pele das vítimas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio