Lori Loughlin comemorou nas redes sociais compra de vaga para filha em faculdade

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lori Loughlinn pode não ter excluído as redes sociais por conta das críticas que vinha recebendo após comprar vagas em faculdades para as filhas. Lá, conforme a justiça dos EUA, estavam mais provas do esquema criminoso.

Conforme documentos vazados pelo Daily Mail, é relatado no processo que Lori Loughlin e o mentor do esquema, William Singer, trocaram mensagens comemorativas nas redes sociais. A atriz e o marido, o empresário Mossimo Giannulli, teriam pago US$ 500 mil para que Olivia Jade fosse aprovada na USC.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A conversa da dupla começa com um “Parabéns” por parte de Singer. “Essa é uma notícia maravilhosa!”, respondeu a famosa, conforme os documentos. “Por favor, continue em silêncio até março”, logo depois pediu o homem.

Por conta do esquema, Singer pode pegar até 65 anos de prisão. Veículos norte-americanos não dizem ainda qual pode ser a pena de Lori Loughlin.

When Calls The Heart | Apesar da demissão de Lori Loughlin, a série não deve ser cancelada

A atriz está sendo acusada também de comprar vaga para outra filha, Isabella. Felicity Huffman é outra famosa envolvida no esquema.

Documentos descobertos pela mídia mostram que as suspeitas foram presas sob acusações de terem pago subornos de até US$ 6 milhões para colocar seus filhos em algumas das melhores universidades dos Estados Unidos, como Yale, Stanford e outras.

Dentro do esquema, os filhos das investigadas foram inscritos nas universidades como atletas recrutados, muito embora não tivessem capacidades atléticas de fato.

Dezenas de treinadores da divisão de futebol americano universitário também estão sendo investigados por sua participação no esquema.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio