O rancho Neverland, de Michael Jackson, pode passar por uma demolição em breve.

A antiga casa do falecido cantor está atualmente no mercado por US$ 31 milhões, abaixo do preço original de US$ 100 milhões de 2015, mas ainda não conseguiu encontrar um comprador.

A venda do rancho teria se tornado ainda mais complicada após a exibição do documentário Deixando Neverland, que detalhe acusações de abuso infantil feitas contra Michael Jackson.


O especialista em imóveis Ruban Selvanayagam sugeriu, em entrevista ao Daily Star, que a propriedade pode ser completamente demolida para dar lugar a outra construção.

“Eu suspeito que a maior parte será demolida, já que duvido que muitos desenvolvedores gostariam de manter o legado de Michael Jackson após essas alegações chocantes”, explicou.

“Talvez alguém possa pensar que Neverland possa ser rebatizado de alguma forma, mas isso estaria fadado ao fracasso na minha opinião.”

Ele acrescentou: “Esta nuvem escura em torno de Michael Jackson será levada em conta no preço de compra e a propriedade, sem dúvida, perderá valor.”

Macaulay Culkin faz piada com acusações contra Michael Jackson

O documentário conta a seguinte história: “No auge de seu estrelato, Michael Jackson começou relacionamentos duradouros com dois garotos de 7 e 10 anos e suas famílias. Agora com 30 anos, eles contam a história de como foram abusados ​​sexualmente por Jackson e como chegaram a um acordo para ficarem calados anos depois.”

Ações judiciais movidas por Robson e Safechuck contra Jackson foram rejeitadas por um juiz em Los Angeles em 2017.