Ex-esposa de Jean-Claude Van Damme tem pedido de falência negado na justiça: “Desonesta”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das ex-mulheres de Jean-Claude Van Damme tentou entrar com um pedido de falência nos Estados Unidos. Porém, ele foi negado.

A informação é do Radar Online, que obteve documentos do processo. Darcy LaPier diz que não tem mais dinheiro para pagar as suas dívidas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A curadora do processo, Marie E. Henkel, afirma que a tentativa de Darcy é “desonesta” e ela tenta “impedir, atrasar e defraudar seus credores”.

“A Devedora convida este Tribunal a entrar em uma terra onde a ficção governa o fato, a ignorância fingida ou intencional dos assuntos financeiros é recompensada, e uma falha deliberada em reter a documentação das transações financeiras não é motivo de preocupação”, afirmou ainda a advogada.

Darcy teria escondido uma transferência de US$ 500 mil da justiça. Além disso, mostrava um estilo de vida luxuoso no reality show Rodeo Girls.

A curadora do processo segue as acusações contra a ex-esposa de Jean-Claude Van Damme, afirmando que “a devedora convida esse Tribunal a acreditar, entre outras coisas vários milhões de dólares de ativos simplesmente desapareceram. Que mercadorias caras foram recebidas como presentes de amigos cujos nomes foram esquecidos”.

Além disso, a justiça cita que Darcy recebe entre US$ 20 mil e US$ 50 de mil de outro ex-marido, Ronald J. Rice. O valor é depositado mensalmente para mulher.

Henkel termina a resposta à Darcy citando que ela preferiu gastar o dinheiro em um passatempo caro. Enquanto isso, poderia ter pago todas as suas dívidas.

“Em mais uma afronta aos seus credores, nos últimos dez anos, o devedor gastou milhões de dólares em despesas de viagem e compras, manutenção e treinamento de cavalos para que ela possa competir em rodeios em todo o país, dos quais ela ganhou apenas alguns milhares de dólares”, finaliza a curadora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio