Filme alega que O.J. Simpson é inocente e revela o suposto verdadeiro assassino

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A série de sucesso da FX, American Crime Story, provou, com sua grande audiência e indicações ao Emmy, que o público ainda está muito interessado no caso de assassinato envolvendo O.J. Simpson.

Agora, um novo filme revela uma nova direção, que supostamente prova que o icônico ator e astro de futebol americano não foi o responsável pelo horrível assassinato de sua esposa, Nicole Brown Simpson.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nicole & O.J. é obra do escritor e diretor britânico Joshua Newton. O filme examina fatos para supostamente expor o verdadeiro assassino em um plano para enquadrar O.J. Simpson.

A narrativa é impulsionada pela agenda de uma mídia ameaçadora que supostamente distorceu fatos. O filme é o resultado de mais de um ano e meio de pesquisa por parte de Newton, enquanto vasculhava documentos judiciais e testemunhava entrevistas do caso de 1994.

A validade de suas alegações não será conhecida até que o longa-metragem seja lançado, mas o diretor está contando uma história decididamente diferente daquela que ouvimos ao longo dos anos.

“Todos esses anos depois, o mundo ainda é fascinado pelo caso de O.J., que ainda divide a América, particularmente ao longo das linhas raciais. Nicole & O.J. revelará as circunstâncias incontáveis que levaram aos assassinatos e por que e como Nicole e Ron foram mortos e o encobrimento que se seguiu”, comentou o cineasta (via Movie Web).

Nicole & O.J. apoia a alegação de que houve uma conspiração em massa para condenar O.J. Simpson por assassinato e que a mídia foi usada como uma ferramenta para transmitir essa mensagem.

Enquanto os promotores alegaram que a falta de emoção de O.J. foi um indicador de sua culpa, Newton alega que será capaz de mostrar um lado diferente da antiga estrela da NFL.

“A realidade é que O.J. explodiu em fúria por causa de sua dor repetidamente perguntando se Nicole estava morta, enquanto o detetive ao telefone dizia que não tinha informações. Este é apenas um exemplo de muitos casos em que a promotoria tentou enganar o júri, a imprensa e o público. Felizmente, o júri percebeu e foi por isso que O.J. foi absolvido. Os meios de comunicação foram assistidos por promotores que se basearam em meios antiéticos para persuadir o público sobre sua culpa porque sabiam que suas provas não conseguiriam convencer o júri. É muito preocupante. O.J. teve a sorte de poder pagar uma brilhante equipe de defesa para desafiar um promotor. Um sistema mais preocupado em ganhar do que com justiça. Mas e quanto a inúmeros réus que são inocentes e não têm dinheiro? A justiça para eles não é uma absolvição, é uma sentença de prisão perpétua ou até mesmo a morte.”

O longa-metragem é estrelado por Boris Kodjoe como O.J. Simpson e Charlotte Kirk como Nicole Brown Simpson. O projeto quer acompanhar os passos do casal até o assassinato com bastante fidelidade.

“Temos uma quantidade incrível de detalhes para abordar a vida de O.J. e Nicole e seu casamento. Isso torna o filme mais fascinante de se assistir. No auge, eles eram o casal de celebridades mais famoso da América e queríamos levar os espectadores para este mundo”, concluiu o diretor.

Aparentemente, O.J. Simpson queria servir como consultor no longa, já que gostaria de “ajudar a recriar a cena do crime e garantir a maior autenticidade possível”. O diretor rejeitou a oferta, mas ainda planeja se encontrar com Simpson futuramente.

Simpson foi condenado por assalto à mão armada em 2007 e foi libertado da prisão em 2017.

O polêmico Nicole & O.J. ainda não tem data de lançamento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio