Lori Loughlin “está com muito medo” de que filhas testemunhem em caso de fraude em universidades

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Lori Loughlin e seu marido, o designer de moda Mossimo Giannulli, estão com medo que as suas filhas sejam convocadas para testemunhar no escândalo de compra de vagas em universidades dos EUA. A informação é da People.

Olivia Jade, de 19 anos, e Isabella Rose, de 20, foram beneficiadas com o esquema, já que tinham conseguido vagas na Universidade do Sul da Califórnia. A revista garante ter recebido a informação de uma autoridade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Lori está muito preocupada com o que o tribunal fará com as suas filhas. Isso determinará tudo que eles tentarem conquistar no futuro e fará parte da história da família para sempre”, disse a fonte.

Na segunda (14), a atriz e o marido se declararam inocentes no caso. A People afirma que os dois tentarão resolver a questão longe dos tribunais porque a famosa “está com muito medo que as filhas testemunhem, isso iria traumatizá-las ainda mais”.

Lori Loughlin e Giannulli são acusados de pagar US $ 500 mil em subornos para que suas filhas fossem admitidas na universidade como recrutas da tripulação de remadoras, mesmo nunca tendo praticado o esporte.

Cerca de 50 pessoas estão envolvidas no mesmo escândalo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio