Katheryn Winnick, estrela de Vikings, é mais uma artista que se mostra insatisfeita com uma lei antiaborto que foi sancionada no estado de Alabama, nos EUA. A atriz usou as redes sociais para protestar contra a nova regra. 

Com a legislação, políticos locais decidiram que é crime uma mulher interromper uma gravidez, até mesmo em casos de estupro ou incesto. Manifestantes de todo o mundo criticam a lei. 

A atriz publicou uma imagem com a frase “homens não deveriam estar fazendo leis sobre os corpos das mulheres”, escrita repetidas vezes. Na legenda, pediu: “Acorde, Alabama!”. 


Na TV, Katheryn Winnick deve voltar a viver Lagherta na sexta e última temporada de Vikings. A previsão de estreia é para 2020. 

Vikings está disponível na Netflix e também é exibida pelo canal pago FOX Premium 2, no Brasil.

https://www.instagram.com/p/BxiYrKugW1I/