Natalie Portman negou as alegações do DJ e músico Moby de que os dois tiveram um relacionamento amoroso brevemente.

A atriz descreveu a passagem no vindouro livro de memórias de Moby como “muito perturbadora” e o descreveu como um “velho sendo assustador”.

No livro de memórias, intitulado Then It Fell Apart, o músico alega ter se relacionado com Portman quando ela tinha 20 anos e ele 33.


“Fiquei surpresa ao ouvir que ele caracterizou o curto período em que eu o conheci como um encontro, porque minha memória é de um homem muito mais velho sendo assustador comigo quando eu tinha acabado de terminar o colégio”, disse Portman ao Harpers Bazaar (via The Wrap).

“Ele disse que eu tinha 20 anos; eu definitivamente não tinha. Eu era uma adolescente. Eu tinha acabado de fazer 18 anos. Os fatos não foram checados por ele ou seu editor – parece até deliberado. Parece que ele usou essa história para vender seu livro, o que é muito perturbador para mim. Não foi o caso. Há muitos erros e invenções”, continuou a atriz.

Pelo jeito Moby inventou algumas coisas desse seu livro. Vamos ver se ele dirá algo sobre isso nos próximos dias.