Michael Jackson morreu há dez anos e ainda descobrimos novos fatos sobre sua vida. Agora, parece que o artista ficou careca após um acidente nos anos 1980.

Os detetives que investigaram a morte de Jackson fizeram a revelação no documentário Killing Michael Jackson (via Daily Express).

Segundo os detetives Orlando Martinez e Scott Smith, a autópsia do artista revelou que ele era careca.


“O que achei mais estranho e mais chamou minha atenção era a cabeça dele, ele sempre usava peruca quando estava em público”, disse Smith.

O documentário diz que a falta de cabelo em grande parte do couro cabeludo foi causada por um acidente em 1984, durante as filmagens de um comercial de refrigerante. Durante as filmagens, a cabeça do artista teria pegado fogo e ele sofreu queimaduras de segundo grau.

O documentário ainda diz que Michael Jackson passou por plásticas a fim de esconder tais queimaduras.

“O topo da cabeça tinha várias cicatrizes, ele quase não tinha cabelo dos lados, principalmente quando você compara com o que víamos na aparições públicas dele”, diz o detetive.

Killing Michael Jackson foi exibido na televisão americana, ainda não se sabe se será exibido no Brasil.