Em uma rara declaração, Brad Pitt cita o polêmico divórcio de Angelina Jolie. Os dois estão separados desde 2016.

Para NPR, o astro conta como a situação influencia o seu trabalho em Hollywood, principalmente no filme Ad Astra: Rumo Às Estrelas. Brad Pitt também relata como se sente atualmente com a separação.

“Eu estaria explorando o divórcio se tivesse um script que permitisse isso ou não. Uma separação familiar, no geral, é certamente algo que precisa ser entendido, eu tive que entender a minha própria culpa nisso e o que posso fazer para melhorar. Porque eu não quero continuar assim”, afirma o ator.


O casamento das estrelas durou 11 anos. Atualmente, brigam na justiça pelos bens e pela guarda de cinco dos seis filhos – Maddox, o mais velho, já completou 18 anos.

Em Ad Astra, Brad Pitt será um engenheiro autista chamado Roy McBride, que embarca em uma viagem ao Espaço em busca de informações sobre a missão anterior de seu pai, que havia saído da Terra para encontrar sinais de vida extraterrestre. O pai será interpretado por Tommy Lee Jones.

O elenco de Ad Astra traz ainda Kimmy Shields, Donald Sutherland, Ruth Negga, Jamie Kennedy e John Ortiz.

O filme tem direção de James Gray (Z – A Cidade Perdida, Era Uma Vez em Nova York).

Ad Astra: Rumo Às Estrelas chega em 26 de setembro no Brasil.