A atriz Kristen Stewart (Crepúsculo) finalmente abriu o jogo sobre o caso que teve com o diretor Rubert Sanders (A Vigilante do Amanhã).

Na época a atriz namorava seu colega de Crepúsculo, Robert Pattinson, o que tornou a suposta traição um escândalo de Hollywood, já que fotos de Kristen Stewart beijando o diretor foram divulgadas.

Em entrevista no programa de Howard Stern, Kristen Stewart contou toda a verdade sobre o caso. Ela também explicou o motivo pelo qual não falou sobre o caso na época.


“Eu não transei com ele. Essa é tipo a entrevista mais sincera. Não, eu não dormi com ele. Bem, quem ia acreditar em mim? Isso nem importa. Parecia que… você sabe, você dá uns amassos com um cara em público, definitivamente parece que você [transou com ele]”, revelou a atriz.

Kristen Stewart também reclamou do fato de que ela acabou sendo excluída da sequência de O Caçador e a Ranha do Gelo (2016), muito por conta desse escândalo.

“Eu não diria que me apaixonei pelo diretor. Foi uma coisa meio estranha, mas eu definitivamente acho que aquele filme… Ugh, não foi nada demais, sabe o que estou dizendo? O trabalho é muito mais importante! É tipo, por que você se importa se eu… eu apenas pensei que esse filme realmente… nós poderíamos ter feito um ótimo segundo [filme], e poderíamos ter feito isso de uma maneira funcional e saudável. No final, não fizemos, e tudo bem, porque eu fiz outras coisas e está tudo bem, mas sim, foi estranho”, disse a atriz de As Panteras.

Kristen Stewart está de volta aos cinemas no reboot de As Panteras, que estreia em 14 de novembro.