Carrie Fisher, a eterna Princesa Leia da franquia Star Wars, faleceu em dezembro de 2016, um momento extremamente triste para os fãs da franquia.

Agora, dois anos depois, seu irmão, Todd, estava mexendo em um antigo móvel da sua mãe, Debbie, quando se deparou com uma carta escrita pela atriz.

“Eu estou morta. Como vocês estão? Eu vejo vocês em breve… Eu ligaria e falaria para vocês como é aqui, mas não tem sinal aqui em cima. Corta. Nova cena, nova configuração, nova localização paradisíaca”, escreveu Carrie na carta.


Todd falou ao site Page Six sobre essa descoberta: “Tudo que Debbie se importava mais, em termos de cartas pessoas, estava lá (no móvel em que encontrou a carta de Carrie). Passei por aquela gaveta várias vezes. É algo que nunca tinha visto na minha vida.

Ou foi algo que Carrie escreveu há algum tempo porque estava fazendo uma história sobre a morte, ou simplesmente se materializou do além. Ela estava escrevendo como se estivesse morta e como isso era… Isso me surpreendeu”.

A última participação de Carrie Fisher na franquia Star Wars aconteceu em A Ascensão Skywalker, que já está em exibição nos cinemas brasileiros.