A conta oficial de Adam Sandler no Twitter foi hackeada na tarde de quinta-feira (2), de acordo com um representante do ator em comunicado ao Hollywood Reporter.

A partir das 17h34, uma série de mensagens ofensivas e racistas foram enviadas da conta do ator, que tem 2,4 milhões de seguidores.

As postagens incluíam mensagens como “odeio negros” e “acabei de fazer sexo por telefone com Mariah Carey”. Outro tuíte dirigido ao presidente Donald Trump dizia: “Donald Trump, você é um racista. Compartilhe se você concorda.”


A conta de Adam Sandler também compartilhou uma postagem de um usuário que escreveu: “Barack Obama, você é um macaco orangotango, você destruiu minha vida quando bagunçou os rótulos de alimentos. Eu vou te odiar para sempre, retardado.”

Problema resolvido (por ora)

De acordo com o representante de Adam Sandler, a conta comprometida foi bloqueada assim que o problema ocorreu.

Mariah Carey sofreu um incidente semelhante na véspera de Ano Novo. Mensagens na conta de Adam Sandler e Carey faziam referência ao Chuckling Squad, um grupo de hackers que comprometeu a conta do Twitter do CEO do Twitter, Jack Dorsey, em agosto de 2019.

O grupo também assumiu a responsabilidade por invadir outras contas de celebridades, incluindo a da atriz Chloë Grace Moretz.