A briga judicial entre Johnny Depp e Amber Heard não tem fim.

De acordo com o jornal Page Six, nesta semana, foram reveladas algumas mensagens inéditas escritas por Johnny Depp em 2013.

Nas mensagens, que foram lidas no tribunal em Londres, o ator ameaça sua ex-mulher, Amber Heard.


A briga continua

Na mensagem, que teria sido enviada para o ator Paul Betanny, Johnny Depp diz que “queimaria” e “afogaria” Amber Heard. Também há uma mensagem em que ele diz que “fod*ria o corpo queimado” da atriz. A data das mensagens é do dia 6 de novembro de 2013.

“Vamos queimar Amber” e “Vou parar de vez com a coisa da bebida, querido… Bebi a noite toda antes de pegar Amber para ir para Los Angeles no domingo passado … foi feio, amigo”, são outras mensagens registradas pelo tribunal.

Ainda nesse ano, foi vazada uma conversa em áudio que mostrava Amber Heard confessando ter agredido Johnny Depp.

A audiência completa do caso Depp/Heard tem data marcada para o dia 23 de março.