No início deste mês, o ator Brad Pitt finalmente levou para casa um Oscar de Melhor Ator Coadjuvante por seu papel no filme Era uma Vez em Hollywood, de Quentin Tarantino.

Durante seu discurso de aceitação, o ator escolheu mencionar uma questão política, destacando o Senado dos Estados Unidos por não permitir relatos de testemunhas no julgamento contra o presidente Donald Trump.

Resposta

Trump, obviamente, se defendeu e respondeu os comentários. Em uma manifestação na noite de ontem no Colorado, o presidente discordou do discurso de Pitt chamando-o de “sabichão”.


“E então você tem Brad Pitt, eu nunca fui um grande fã dele, ele se levantou e fez um discurso de sabichão. Ele é um pouco sabichão.”

Era Uma Vez em Hollywood já está disponível no Brasil através de Blu-Ray, DVD e plataformas digitais.