Jaden Smith não está próximo de sua família em meio ao novo coronavírus – e é tudo na esperança de proteger sua avó!

Enquanto o resto da família Smith se reuniu para um novo episódio do Red Table Talk, Jada Pinkett Smith explicou que seu filho Jaden não iria se juntar a eles porque estava praticando o distanciamento social.

“Assim como outras famílias em todo o mundo, estamos tentando navegar por todas as informações disponíveis sobre o COVID-19”, começou Jada. “Por falar em famílias, você verá que Jaden não está aqui conosco hoje, porque ele está realmente sendo um jovem responsável!”


“Ele pratica o distanciamento social, viaja bastante e sua principal preocupação tem sido a sua avó”, explicou Jada, referindo-se à mãe e co-apresentadora do programa Adrienne Banfield-Jones, de 66 anos. “Então, ele decidiu ficar dentro de casa e ele está realmente seguindo ordens.”

Distante da família

“Obrigado, Jaden! Nós amamos você”, disse Adrienne para a câmera.

“Ele não se importava conosco, ele só se importava com a avó!”, brincou Jada.

O resto da família Smith se juntou a Jada e Adrienne, incluindo o astro Will Smith e seu filho mais velho, Trey, além da filha mais nova dele com Jada, Willow Smith.

Durante o episódio, Will Smith brincou dizendo que se sente responsável por algumas “desinformações” que circulam on-line por causa do filme Eu Sou a Lenda de 2007, no qual interpreta um virologista que sobrevive a uma praga feita pelo homem que transforma humanos em mutantes semelhantes a zumbis.

O vírus fictício em Eu Sou a Lenda foi muito mais difundido do que o COVID-19 – mas isso não significa que o vírus não deva levar a sério.

A nova doença respiratória começou em Wuhan, na China, no final de dezembro. Desde então, espalhou-se por todo o mundo, fazendo com que a Organização Mundial de Saúde declarasse uma emergência de saúde pública. A última vez que a OMS fez isso foi durante a epidemia de zika em 2016.