Pouco depois de ser condenado a 23 anos de prisão por dois crimes sexuais, o ex-produtor de Hollywood Harvey Weinstein testou positivo para o novo coronavírus.

O relatório veio do Deadline, que sugeriu que Weinstein é um dos dois prisioneiros do Wende Correctional Facility de Nova York que testaram positivo para a doença.

Antes de sua transferência para Wende, Weinstein estava detido na ilha de Rikers, na cidade de Nova York, onde mais de 40 internos deram positivo para o coronavírus até o momento em que esta matéria foi escrita.


23 anos de prisão

Em 24 de fevereiro, o outrora magnata de Hollywood foi considerado culpado por um júri de Nova York de duas acusações de crimes sexuais após um julgamento de quase seis semanas.

Com seus advogados alegando questões de saúde, Weinstein foi condenado a 23 anos atrás das grades em 11 de março.