Publicidade

Harvey Weinstein sofre queda em cela; advogados dizem que ele vai morrer na prisão

Publicado por Bruno Tomé

10/03/2020 09:19

Condenado por crimes sexuais no final de fevereiro, Harvey Weinstein teve um acidente na prisão no dia 8 de março. O ex-produtor caiu em sua cela na prisão de Rikers Island, nos Estados Unidos.

A informação foi revelada pela CNN. A assessora do condenado, Juda Englemayer, informou que Weinstein estava com tontura antes da queda.

O produtor disse que a “cabeça estava latejando o tempo todo” e ainda acredita que tenha sofrido uma concussão. Apesar da suspeita, o condenado famoso não recebeu ainda um diagnóstico oficial.

Weinstein está preso desde o dia 5 de março. O ex-produtor só foi levado à prisão depois de ter passado por uma cirurgia para remover um bloqueio cardíaco.

Advogados preocupados com Weinstein

Os advogados de Harvey Weinstein tentam uma redução drástica da pena. Os profissionais alegam que o produtor de cinema deve ficar cinco anos preso, se não “ele vai morrer na prisão”.

Weinstein já está com 67 anos. Por isso, os advogados alegam que “ele não vai sobreviver a sentença”.

Para o mesmo objetivo de redução da pena, os advogados argumentam que o famoso “perdeu tudo” após as acusações de crimes sexuais.

“Ele foi constantemente prejudicado pela mídia, tendo sido condenado há muito tempo no julgamento da opinião pública”, declararam os profissionais, de acordo com o portal Page Six.

Por fim, os profissionais tentam colocar que Weinstein sempre fez trabalho para caridade e que tinha a ficha limpa antes de todas acusações.

O produtor está preso por agressão sexual e estupro. No dia 11 de março, a justiça dos Estados Unidos anunciará a pena de Weinstein, que pode ser de até 25 anos.

Publicidade