Publicidade

Amigo revela obsessão curiosa e “lado infantil” de Michael Jackson

Publicado por Bruno Tomé

15/04/2020 09:32

Mesmo anos após a morte de Michael Jackson, o Rei do Pop segue alvo de boatos, acusações e dos holofotes da mídia. Dessa vez, um amigo e ex-assistente pessoal do cantor fez revelações sobre o famoso.

Em entrevista para o The Sun, o assistente pessoal Scott Shaffer comentou sobre lados distintos de Michael Jackson.

De um lado, o antigo amigo comentou sobre o gosto do Rei do Pop por ver mulheres nuas. Do outro, Shaffer contou que Michael Jackson tinha uma personalidade “infantil”.

“As pessoas costumam dizer que ele não gostava de mulheres. Mas, ele gostava sim. Ele adorava ver fotos de mulheres nuas em revistas e me mandava em bancas para comprar para ele”, contou o assistente.

Shaffer comentou que o Rei do Pop tinha um gosto bastante variado. Pela descrição, parecia que Michael Jackson era obcecado em ver as mulheres nuas.

“Às vezes, no lugar de uma Playboy ou algo mais conhecido, ele me dizia, ‘Pegue algo com mulheres idosas e acima do peso. Vamos variar um pouco’. Acho que o mais diferente que comprei foi uma revista com mulheres idosas e obesas”, relatou Shaffer.

Lado infantil de Michael Jackson

Porém, ao mesmo tempo que Michael Jackson tinha esse gosto, o astro também demonstrava “um lado infantil”.

O Rei do Pop adorava ir para Disneylândia. Shaffer afirmou que era algo que os dois compartilhavam.

“Nós dois éramos como grandes crianças e amávamos ir lá. Uma das maravilhas de ir com ele é que você nunca tinha que esperar na fila”, contou o amigo, relembrando que em uma das idas, eles foram oito vezes em uma montanha-russa.

Outra curiosidade é que Michael Jackson gostava de ouvir histórias infantis antes de dormir.

“Ele amava essas histórias também. Tinha vezes que ele me pedia para ler antes de dormir”, relembrou ainda o assistente.

Michael Jackson também gostava de ver desenhos e Os Três Patetas, conforme revelou Shaffer.

A família do músico não comentou sobre as afirmações.

Michael Jackson morreu em 2009 aos 50 anos. O músico teve uma parada cardíaca por conta de uma overdose de remédios.

Publicidade