Com polêmicas, detalhes da vida íntima de Michael Jackson são revelados

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Michael Jackson segue chamando atenção dos fãs e principalmente, da mídia. O Rei do Pop, mesmo morto, movimenta os mais diversos boatos e especulações.

Uma das grandes curiosidades dos fãs, nesse sentido, é a vida sexual de Michael Jackson. O cantor não era de tocar no tema publicamente e dificilmente revelava ligações românticas com pretendentes.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O tema é alvo de boatos desde o começo da década de 1990, quando Michael Jackson sofreu as primeiras acusações de pedofilia. O Rei do Pop foi acusado pela própria irmã, La Toya.

A cantora chegou a receber proposta de US$ 1 milhão para entregar as supostas provas dos crimes. Mas, depois desmentiu toda situação – justificando que teve uma briga com Michael Jackson.

La Toya não poderia imaginar o que isso causaria com Michael Jackson. Após a história dela, a mídia começou a comprar informações de outras pessoas ligadas ao músico.

Com isso, histórias sobre a vida sexual de Michael Jackson foram reveladas.

A vida sexual de Michael Jackson

Michael Jackson não teria uma vida sexual agitada, como dava a entender as atitudes dele em Neverland. A afirmação é da assistente do local, Sandy Domz, que trabalhou lá entre 1994 e 1996.

Para CBS, a profissional disse que Michael Jackson costumava espalhar calcinhas pelo quarto dele. O objetivo dele era fazer com que as pessoas achassem que ele tinha muitas relações – possivelmente o que poderia virar boatos.

Adrian McManus, outra funcionária de Neverland, também tinha a mesma impressão. A mulher disse que Michael Jackson quebrava copos para fingir que tinha até relações selvagens.

“Tudo parecia tão colocado. Nunca tinha acontecido antes”, afirmou a ex-funcionária, dizendo que Michael Jackson “parecia brincar” com ela ao fazer isso.

Porém, há quem defenda Michael Jackson. Lisa Marie Presley, filha de Elvis Presley, garantiu que o Rei do Pop era ativo sexualmente.

Os dois ficaram juntos entre 1993 e 1996, mas foram acusados de que o relacionamento era falso – tudo pela imagem de Michael Jackson. Em Dark Lady, biografia não autorizada de Lisa, há a informação que os dois tiveram “momentos íntimos selvagens”.

A própria famosa disse que teve “os melhores” orgasmos da vida com o Rei do Pop. Em suposta conversa com uma amiga, Lisa teria dito que o cantor adorava transar de pé e ainda dava gritos.

J. Randy Taraborrelli, jornalista que escreveu livros sobre o músico, confirmou as informações. Além disso, disse que Michael Jackson adorava fazer sexo com mulheres.

Porém, na relação com Lisa Marie Presley, tinha algumas manias. Por exemplo, queria que a namorada usasse joias durante o ato e a relação deveria ser com as luzes apagadas.

A família de Michael Jackson não comentou essas declarações.

Michael Jackson faleceu aos 50 anos em 2009. O Rei do Pop teve uma parada cardíaca por conta de overdose de remédios.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio