Publicidade

Herdeiros doam fortuna de Michael Jackson para combate ao coronavírus

Publicado por Alexandre Guglielmelli

25/04/2020 06:00

Michael Jackson morreu há pouco mais de dez anos, e ainda deixa saudades em fãs do mundo inteiro. O Rei do Pop teve uma carreira astronômica, marcada pelo talento, polêmicas e muito dinheiro.

Antes de morrer aos 50 anos em 2009, Michael Jackson teve 3 filhos: Paris, que hoje tem 22 anos, Michael Jr., de 23 anos e Prince Jackson, de 18 anos.

Como deixou uma fortuna incrível após sua morte, Michael Jackson criou uma fundação para organizar seus rendimentos póstumos e praticar boas ações.

De acordo com apuração do Observatório do Cinema, os representantes do ator doaram uma generosa quantia a organizações que ajudam as pessoas durante a pandemia do coronavírus.

Confira abaixo!

Caridade

Os co-executores do espólio de Michael Jackson anunciaram que o valor de 300 mil dólares para 3 caridades que atuam nos Estados Unidos em tempos de coronavírus.

O valor de 100 mil dólares será doado para os grupos Broadway Cares Emergency Assistance, MusiCares e Three Square.

“Esse vírus ataca o coração das comunidades. Hoje descobrimos que o lendário Manu Dibango morreu após contrair o coronavírus. Outros artistas e pessoas da indústria da música e da Broadway estão doentes ou encarando um futuro incerto”, afirmaram os representantes de Michael Jackson.

Manu Dibango era um famoso saxofonista de Camarões que influenciou muito o estilo musical de Michael Jackson.

“O espírito de generosidade de Michael Jackson é lendário. Essas doações são inspiradas por ele”, afirmou a nota.

A doação generosa servirá para ajudar artistas sem acesso a serviços de saúde, além de bancar mais de 300 mil refeições para a população carente.

Publicidade