Além de ser um cantor incrivelmente talentoso, Freddie Mercury também era conhecido por suas festas incríveis. E elas são o foco do último episódio de Finding Freddie, uma série de podcasts sobre a vida do cantor.

Wayne Sleep começa conversando sobre a festa anual de chapéus de Freddie. O dançarino disse como você não poderia entrar se não fizesse o esforço.

Sobre as festas de Freddie, Sleep admitiu: “Tudo era uma extravagância, tudo era um evento.”


“Quando ele tinha 40 anos, ele nos chamou em um avião e voamos absolutamente bêbados com champanhe. Quero dizer, quem mais faria isso?”

A maior festa de todas

Mas foi o baile preto e branco em Munique para seu aniversário de 39 anos que deve ser sua festa mais famosa.

A festa aconteceu em 5 de setembro de 1985 e aparece no videoclipe de sua faixa solo Living On My Own.

David Wigg, que participou da festa, disse sobre o seu tema: “Todos os homens tiveram que ir como uma celebridade famosa e as mulheres tiveram que ir como um homem famoso. Mas tudo tinha que ser preto e branco. Algumas pessoas chegaram mal vestindo nada. É claro, foi uma festa bem sexy.”

Sobre o figurino do cantor, o entrevistador disse: “Freddie foi como arlequim. Ele parecia fantástico, parecia alguém de Cabaret. E ao lado da calça havia diamantes em preto e branco. Ele era tão generoso e queria que tudo fosse perfeição.”

Wigg acrescentou: “Foi muito atrevido ao longo da noite. Quero dizer, eram seis da manhã. Foi um pouco como a queda da Grécia!”

Freddie Mercury morreu em 1991, aos 45 anos.