Hollywood pode ser uma montanha-russa. Há diversos casos de atores que estouraram e depois desapareceram, ou de outros que demoraram para ganhar todo merecido destaque.

Nessa indústria dinâmica, dois nomes conseguiram se manter conhecidos entre os fãs. Os dois são ícones dos filmes de ação: Jean-Claude Van Damme e Sylvester Stallone.

Os dois estão há décadas na memória dos amantes do cinema, independente da geração desses espectadores. Sylvester Stallone surgiu na década de 1970, em papéis menores, e depois em 1976 com Rocky: Um Lutador.


Enquanto isso, Van Damme tem o grande papel dele em 1988, com O Grande Dragão Branco.

Desde então, os astros mudaram bastante e as carreiras tomaram rumos distintos. Os dois estão melhores ou piores? Confira abaixo.

Antes e depois de Sylvester Stallone

Depois de Rocky: Um Lutador, Sylvester Stallone passou a fazer parte do principal grupo de Hollywood. O astro virou referência em filmes de ação, rivalizando com Arnold Schwarzenegger.

Após o primeiro grande trabalho, Sylvester Stallone emplacou diversos filmes amados pelo público. O ator teve Rocky II (1979), Falcões da Noite (1981), Rocky III: Desafio Supremo (1982) e apareceu como Rambo, em 1982, outro personagem que marcou gerações.

Os grandes trabalhos não pararam por aí. Sylvester Stallone ainda apareceu em Stallone: Cobra (1986), Tango e Cash: Os Vingadores (1990) e O Juiz (1995).

Talvez a época de menos sucesso para Sylvester Stallone tenha sido o final dos anos 1990 e o começo dos anos 2000. Porém, logo depois, o astro revitalizou franquias amadas e criou uma nova série de filmes que caiu no gosto do público.

O ator voltou com Rocky Balboa (2006), que depois abriu caminho para os derivados Creed, em 2015; fez mais dois filmes do Rambo, em 2008 e 2019; e liderou os filmes de Os Mercenários, que reuniram diversos ícones dos longas de ação.

Sylvester Stallone não promete parar e deve voltar ainda com Os Mercenários 4. Além disso, trabalha em Samaritan, um filme de heróis com uma abordagem diferente do gênero, com lançamento previsto para o final de 2020.

Por isso, na carreira, pode-se dizer que Sylvester Stallone segue em alta depois de décadas. Veja ao final do post um antes e depois do astro.

Antes e depois de Van Damme

Van Damme pode se orgulhar que marcou uma época em Hollywood. Porém, o ator belga não teve uma carreira similar a de Sylvester Stallone.

O fato é que Van Damme teve o auge dele em apenas uma época. O ator poderia se manter em alta se não tivesse deixado as polêmicas tomarem conta da vida dele.

Van Damme fez bastante sucesso no final da década de 1980 e nos anos 1990.

O astro belga esteve em filmes como Kickboxer: O Desafio do Dragão (1989), Soldado Universal (1992), O Último Grande Herói (1993) e o O Guardião do Tempo (1994). Além disso, estrelou o longa de Street Fighter, que era bastante esperado na época.

Depois, Van Damme ainda teve trabalhos como Morte Súbita (1995), Risco Máximo (1996) e Soldado Universal: O Retorno (1999). O problema é que o vício em drogas de Van Damme começou a ficar mais evidente que os trabalhos dele.

Além de não ajudá-lo, Van Damme ainda começou a fazer todo tipo de trabalho para tentar se recuperar. Entre 1999 e 2008, o ator fez 14 filmes, todos bastante criticados.

Por conta dos longas duvidosos, o belga até ganhou o apelido na época de Jean-Claude Van Desesperado.

Desde então, Van Damme foi pouco lembrado em Hollywood. O ator teve apenas um momento nostalgia em Os Mercenários 2, com Sylvester Stallone.

No momento, o destaque dele fica para dublagem. Van Damme esteve em Kung Fu Panda e tem participação em Minions 2: A Origem de Gru, com previsão para 2021.

Infelizmente, Van Damme teve uma queda na carreira dele. Junto com o antes e depois de Sylvester Stallone, confira também abaixo o do belga.

Sylvester Stallone

Van Damme