Não é raro vermos em Hollywood casamentos que terminam em situações muito polêmicas para o casal.

Quando a situação envolve a guarda dos filhos, o problema se torna muito pior – o caso do astro da Marvel, Jeremy Renner, é um exemplo disso.

O divórcio entre a atriz Jaime King e o diretor Kyle Newman ganhou um novo capítulo de problemas com um pedido pela custódia dos dois filhos peito por parte de Newman.


Polêmica

No documento apresentado à justiça, Newman afirmou que a guarda deve ficar com ele, já que King é viciada em drogas e álcool, e “passou a última década chapada”.

O diretor relatou ainda que tentou ajudar sua esposa a superar o vício em diversas ocasiões, mas ela recusou qualquer assistência.

Os representantes da atriz, no entanto, publicaram uma nota oficial repudiando as declarações e desmentindo tudo o que foi dito:

“Esta é outra tentativa cruel e fracassada de Kyle de continuar abusando de Jaime e manipular o sistema judicial.

Hoje, Kyle foi negado em todos os pedidos de ordens de emergência e o juiz concedeu a Jaime a guarda legal compartilhada de seus dois filhos.

A ordem temporária de restrição por violência doméstica permanece no lugar para proteger Jaime.”

Jaime entrou com um pedido de divórcio no dia 18 de maio, afirmando que Newman havia levado os filhos para a Pensilvânia sem seu consentimento.

Ela ainda acusou o agora ex-marido de “comportamento agressivo” e entrou com um pedido por uma ordem de restrição.

Jaime King é mais conhecida por seu trabalho em As Branquelas (2004).