Hulk é um dos membros originais dos Vingadores, e desde sua primeira aparição no MCU vem conquistando o coração dos fãs principalmente pelo carisma do ator Mark Ruffalo.

Vingadores: Ultimato frustrou muitos fãs do Hulk ao deixar de fora de seu enredo a transformação de Bruce Banner no Professor Hulk, versão do personagem que combina o intelecto do cientista com a força do gigante.

Além disso, a utilização do personagem como alívio cômico deixou muitos fãs da versão original e conflituosa do herói com um gosto azedo na boca.


Muitos fãs não sabem, mas mesmo com seu carisma e bom humor, Mark Ruffalo passou por uma história bastante trágica em seu passado.

Confira abaixo!

Morte inesperada 

Scott Ruffalo, o irmão mais velho de Mark Ruffalo, foi assassinado aos 39 anos em Beverly Hills. O crime aconteceu em 2008, e Scott foi morto com um tiro na cabeça.

Em 2010, Mark Ruffalo falou pela primeira vez sobre a morte de Scott, e revelou ter enfrentado problemas para lidar com a inesperada perda.

“A perda do meu irmão foi trágica, sem sentido e violenta. Você acaba perdendo a fé na humanidade e em si mesmo tentando encontrar o sentido em algo tão cruel”, desabafou o ator.

A morte de Scott Ruffalo nunca foi solucionada, e a identidade do assassino permanece um mistério até hoje. Sem pistas, o departamento de polícia de Beverly Hills arquivou o caso 

Na época, a possibilidade de suicídio ou morte acidental foi verificada pela polícia, que concluiu que a morte tinha sido realmente um homicídio.

“Você nunca supera algo assim, apenas se acostuma. O que eu faço é usar essas circunstâncias trágicas e transformá-las em algo positivo. Lutar pela memória dele e seu legado”, afirmou o ator.

De acordo com Ruffalo, seu papel mais recente na TV foi inspirado no irmão. Na série I Know This Much To Be True, o ator interpreta dois irmãos gêmeos.