Two and a Half Men foi uma das séries de comédia mais populares dos anos 2000. A produção colocou o trio de protagonistas entre os nomes mais bem pagos da TV.

O elenco era liderado por Charlie Sheen, Jon Cryer e Angus T. Jones. O terceiro, que vivia o menino Jake, chegou a ser o ator mais bem pago da televisão entre os menores de idade.

Angus cresceu na série, já que começou a atuar com menos de 10 anos quando Two and a Half Men começou. Na 9ª temporada, o garoto passou até a ganhar histórias mais adultas.


Entre elas, ser quase viciado em maconha e ter relações com garotas e mulheres mais velhas. Porém, esse tipo de trama não agradava Angus, que publicamente revelou um desconforto com a história na série.

Em uma declaração polêmica, Angus chegou a chamar Two and a Half Men de “imunda”. Como tinha se convertido a Igreja Adventista do Sétimo Dia, o jovem não queria mais atuar na série.

Com isso, na 10ª temporada o personagem foi enviado para o exército, enquanto no ano seguinte pouco foi mencionado. Depois, Angus se desculpou com a produção e fez uma aparição na 12ª e última temporada.

Porém, desde o final da comédia, pouco se ouviu falar de Angus. Confira abaixo o que aconteceu com ele.

O que aconteceu com Angus T. Jones

Ao que parece, Angus T. Jones passou a aproveitar a fama que fez em Two and a Half Men de outra forma. Após a série, o ator teve apenas mais um crédito de atuação.

O outro trabalho do garoto foi em Horace and Pete, uma websérie de comédia de Louis C.K.. Depois, em 2016, o jovem ator foi estudar na Universidade do Colorado em Boulder.

Angus T. Jones passou a trabalhar em uma produtora de entretenimento com Justin Combs, o filho de Sean Diddy Combs. O ator de Two and a Half Men está na parte de gerência da Tonite.

Atualmente, não há informações de projetos futuros do Jake da série. Também não há previsão para ele voltar a atuar.

Two and a Half Men pode ser vista na Amazon Prime Vídeo.