Nascido na Bélgica, Jean Claude Van Damme conquistou o mundo inteiro em 1988 com o filme de artes marciais O Grande Dragão Branco, considerado até hoje um dos melhores e mais icônicos de sua filmografia.

Consolidando sua fama, Van Damme participou também de outros filmes do gênero como Kickboxer – O Desafio do Dragão e Leão Branco – O Lutador sem Lei.

Nos anos 90, o ator passou a ser uma estrela rentável de filmes de ação, com sucessos como Soldado Universal, Street Fighter, TimeCop e O Alvo.


Muitos fãs não sabem, mas Jean Claude Van Damme já sofreu um grave revés em sua carreira, em parte devido ao transtorno bipolar.

Confira abaixo!

Momento difícil 

Em uma entrevista ao jornal The Guardian, Van Damme afirmou que os grandes estúdios de Hollywood se recusaram a contratá-lo após ele pedir para receber o mesmo que estrelas como Jim Carrey.

O ator afirmou que declinou de um convite importante de um grande estúdio para esperar por uma oportunidade melhor — que acabou nunca chegando.

Na mesma época, Van Damme entrou em um espiral destrutivo que foi aumentado ainda mais pelo transtorno bipolar, que ainda nem havia sido diagnosticado.

“Ele estava passando dos limites: se envolvendo em acidentes de carro, brigando com paparazzi, sendo detido por beber e dirigir”, afirmou uma reportagem do The Guardian.

Eventualmente, Van Damme foi diagnosticado com transtorno bipolar, o que o fez acordar para o estado lastimável de sua carreira.

Encarando o problema com seriedade, Van Damme ficou sóbrio, voltou aos treinos pesados na academia e retomou seu relacionamento com a terceira esposa.

“Estou tentando melhorar minha carreira. Agora eu treino de maneira diferente, como de maneira diferente. Estou trabalhando em projetos que realmente gosto”, contou o ator. 

Mesmo longe de grandes projetos de Hollywood, Jean Claude Van Damme chegou a participar de alguns filmes nos últimos anos.

O ator teve uma performance elogiada no filme JCVD, além de dublar personagens em animações como Kung Fu Panda 2 e Minions 2, que ainda não estreou.

Fora das grandes telas, o ator também produz e atua em filmes independentes de artes marciais, incluindo um reboot da franquia Kickboxer.