Tyler James Williams, protagonista em Todo Mundo Odeia o Chris, criticou seu ex-colega Terry Crews após comentários feitos no Twitter sobre o movimento Black Lives Matter, ou BLM (Vidas Negras Importam).

Com o debate racial em alta nos Estados Unidos e no mundo após o assassinato de George Floyd, centenas de famosos estão se pronunciando. Terry Crews, atual membro do elenco de Brooklyn Nine-Nine, é uma das vozes ativas contra o racismo durante esse momento.

Contudo, alguns de seus tweets criaram controvérsia entre outros apoiadores do BLM. Crews afirmou que “derrotar a supremacia branca sem pessoas brancas cria a supremacia negra. Equalidade é a verdade”. Você pode ver o post original abaixo.


O astro de Todo Mundo Odeia o Chris, Tyler James Williams, respondeu ao post criticando o posicionamento do ator com quem ele contracenou durante anos. “Ninguém está pedindo por supremacia negra e a narrativa que estamos machuca nossa causa e nosso povo”, escreveu, ressaltando que ama Terry e que não está tentando começar uma briga.

Ator de 'Todo Mundo Odeia o Chris' fala sobre internação e doença ...

Debate entre atores se desenvolve

Após as primeiras respostas de Tyler James Williams, Terry Crews rebateu afirmando que “não disse que supremacia negra existe, porque não existe”. O que ele quis dizer é que se pessoas negras e brancas não continuarem a trabalhar juntas, pode haver presunções decorrentes de resentimentos e atitudes ruins.

O protagonista de Todo Mundo Odeia o Chris respondeu mais uma vez, apontando para o fato de que as pessoas se apressam a pegar o que Terry disse para sustentar uma narrativa contrária a do BLM. Afirma também que isso só torna a luta, que é difícil, ainda mais complicada.

Tyler James Williams conclui dizendo que a plataforma de Terry Crews é enorme e que, por mais que ele ame ver o sucesso do amigo, é preciso lembrar que com o crescimento surge responsabilidade e que tudo que ele [Terry] diz pode ajudar ou ferir o movimento. Veja abaixo.

Todo Mundo Odeia o Chris foi um sitcom muito popular centrado na vida de uma família negra no Brooklyn, em Nova Iorque. A série contou com quatro temporadas.