Após a morte de George Floyd, vários protestos contra o racismo começaram nos Estados Unidos. As principais cidades norte-americanas registraram os movimentos.

Nas ruas ou nas redes sociais, estrelas de Hollywood também apoiaram o movimento. Muitos, inclusive, condenando as atitudes do presidente Donald Trump.

Quem fez isso no Twitter foi Samuel L. Jackson. O veterano é uma estrela de Hollywood, sendo também o Nick Fury dos filmes dos Vingadores na Marvel.


O astro de Vingadores riu sobre as informações que Donald Trump teria se escondido em um bunker da Casa Branca. O fato teria acontecido após manifestantes lotarem os jardins do prédio do governo.

“Não acredito que o filho da p*** estava escondido no porão! Ele disse que estava vendo os ninjas do Serviço Secreto acabarem com os manifestantes! Ele estava prestes a ir lá e… hahahahah ele é um covarde”, riu o astro da Marvel.

Veja abaixo.

Ator também questionou Trump

Samuel L. Jackson também questionou as declarações de Donald Trump. Também no Twitter, o presidente dos EUA disse que usaria a Guarda Nacional para encerrar os protestos.

Cidades também colocaram ordem para toque de recolher. Mesmo assim, as manifestações continuaram.

“Ele colocou a Lei Marcial em nós? Então, ele declarou guerra contra o público? Não é 1807, não é uma rebelião! Mas, eu acho que tudo vai ficar muito feio lá”, escreveu ainda o astro de Vingadores.

Confira também abaixo.

O trabalho mais recente de Samuel L. Jackson na Marvel foi em Homem-Aranha: Longe de Casa. O filme pode ser conferido em plataformas digitais.

Ainda não há uma confirmação sobre o próximo trabalho do ator no MCU.