Garrett Wang interpretou Harry Kim em Star Trek: Voyager, e quase matou a estrela de Star Wars, Harrison Ford, para conseguir o papel. Recentemente, Wang e Robert Duncan McNeill lançaram The Delta Flyers, um podcast no qual eles assistem à série e compartilham histórias de seu tempo no set.

No primeiro episódio do podcast, Wang lembrou-se do processo de escolha que passou para conseguir seu papel em Star Trek: Voyager. Esse processo quase parou quando ele chegou perto de bater no ator de Han Solo com seu carro enquanto passava pelo estacionamento da Paramount Studios.

“Na verdade, estava acelerando pelo estacionamento e cheguei a uma curva, e um cara de terno caminhou entre dois carros bem na frente do meu carro, então eu pisei com muita força no freio”, lembrou Wang no episódio do podcast.


Por pouco!

“Você sabe quando você quase sofre um acidente. Seu coração está batendo milhares de quilômetros por minuto. Olhei nos olhos para esse cara de terno, e era Harrison Ford! Olhei para ele e disse: ‘Oh, meu Deus! Eu quase matei Han Solo! Eu teria sido odiado por nerds em todos os lugares!'”

“Lembro-me de ler o jornal da Variety, nosso jornal de Hollywood, no dia seguinte, e na primeira página havia uma foto que dizia ‘Harrison Ford no Paramount Studios para a exibição de Perigo Real e Imediato’. Ele estava lá para isso, com base no romance de Tom Clancy, usando o mesmo terno em que quase o mutilei. Ele poderia ter sido um aleijado por minha causa.”

Felizmente para todos os envolvidos, Wang evitou bater no ator icônico. Ford continuou sua ilustre carreira, e Kim viajou pelo quadrante Delta por sete temporadas de Star Trek: Voyager.

O elenco de Star Trek: Voyager recentemente se juntou para uma reunião virtual. Com base em entrevistas, isso pode ser a coisa mais próxima dos fãs de novas aventuras com a equipe da Voyager.

No Brasil, Star Trek: Voyager está disponível na Netflix.