Uma das principais estrelas de Game of Thrones, Emilia Clarke relatou sua difícil experiência de quase morte para The New Yorker.

No momento em que estava sentindo todos seus sonhos se realizarem, quando acabara de terminar de gravar a primeira temporada de GOT, Emilia Clarke sofreu o primeiro de dois aneurismas.

A intérprete de Daenerys Targaryen mantinha uma rotina de treinos quando, em 11 de fevereiro de 2011, ela sentiu uma terrível dor de cabeça e muita fadiga.


“Em algum momento, eu entendi o que estava acontecendo: meu cérebro estava danificado”, a atriz contou.

Ela descobriu, após ser levada do treino para o hospital, que o aneurisma era quase sempre fatal e que ela precisaria passar por cirurgia imediatamente. Depois do procedimento, ainda enfrentou dificuldade para falar e sentiu como se a vida não fosse valer a pena dali para frente.

Emilia Clarke: Últimas Notícias | GaúchaZH

Segunda cirurgia e recuperação

Emilia Clarke ainda exibia sinais de problemas durante as gravações da segunda e terceira temporadas de Game of Thrones, mas foi só em 2013 que ela foi para o hospital novamente.

A segunda cirurgia não deu certo e ela teve que passar por um terceiro procedimento, mais invasivo, com um período de recuperação mais incômodo do que na primeira vez.

Ao longo dos anos, porém, apesar de alguns sustos, a atriz conseguiu se recuperar dos danos cada vez mais.

Emilia Clarke terminou seu relato se sentindo grata por ter conseguido ver Game of Thrones chegar ao fim e sua carreira continuar.