Lana Parrilla, atriz conhecida por Lost, 24 Horas e Era Uma Vez, usou uma arma em uma briga com uma desconhecida. O caso terminou com as autoridades.

A confusão teria começado com uma mulher chamada Antoinette Hinckley. O TMZ afirma que ela teria ido até a casa da atriz acusá-la de matar 13 crianças.

Antoinette teria aparecido duas vezes no período de cinco dias na casa localizada em Los Angeles (EUA). A situação começou a assustar a famosa de Lost.


Os casos aconteceram nos dias 9 e 14 de junho. Além das acusações, a mulher teria dito alguns palavrões contra Lana, como “Vá se f****”.

Na visita mais preocupante, a mulher tocou a campainha e acusou a atriz de Lost de dever US$ 400 mil para ela. Além disso, afirmou que Lana tinha matado os 13 filhos de Antoinette.

Preocupada, a atriz de Era Uma Vez chamou a polícia. Mas, o TMZ afirma que, antes, a famosa pegou um bastão e uma espingarda descarregada para fazer a mulher se afastar.

Ameaças continuaram

Após aparecer com a arma, a mulher não foi mais até a casa de Lana. Porém, as ameaças continuaram.

Antoinette, que seria amiga de um amigo da atriz, está enviando outras pessoas até a residência da famosa. A polícia localizou a suspeita e pediu que ela parasse com as ameaças, se não seria presa.

As autoridades colocaram uma ordem de restrição. A mulher tem que ficar 100 metros longe da atriz de Lost.

Em Lost, a atriz foi Greta. O trabalho mais famoso dela é em Era Uma Vez, em que Lana viveu a Rainha Má.

Era Uma Vez está disponível na Netflix.