A atriz Madison Bailey, que interpreta Kiara Carrera em Outer Banks, da Netflix, foi diagnosticada com transtorno de personalidade borderline.

A atriz falou ao ET Online sobre lidar com o transtorno e como isso afeta, também, sua carreira como atriz.

“Eu não sei tudo sobre isso”, disse a atriz de Outer Banks. “Não sou uma pessoa de fazer terapia. Sou muito introvertida em relação às coisas que gosto de lidar, e gosto de me reeducar em várias coisas”.


A atriz acrescentou que o momento em que foi diagnosticada foi muito importante para ela – “uma palavra para me chamar, além de maluca”, disse a atriz da Netflix.

“Eu comecei a perceber meus próprios gatilhos. Há muitos lados positivos e negativos sobre meu transtorno”, continuou Madison.

“Um dos pontos positivos é que meus gostos e desgostos mudam constantemente, então minha estética muda bastante. Meu gosto na música também muda muito”, continuou Bailey.

Empatia

Madison Bailey ainda falou sobre como essa sua condição a permite facilmente se relacionar com outras pessoas.

“Eu tenho uma personalidade bastante ampla, o que me permite me conectar com muitas pessoas. Ser sensível era muito difícil e isso é outro dos pontos desse distúrbio – ser exposta a toda emoção e sentimento”, continuou a atriz de Outer Banks.

“Mas isso permite me conectar com tantas pessoas. Sou capaz de me colocar no lugar de outros com facilidade e entregar empatia com autenticidade”, continuou Madison.

A primeira temporada de Outer Banks está disponível na Netflix.