Após parte do elenco de Riverdale ter sido acusado de abuso sexual – acusações falsas, conforme declarado pelo próprio acusador anônimo no Twitter – a atriz Madelaine Petsch foi em defesa de seus colegas de elenco.

Petsch, que interpreta Cheryl Blossom em Riverdale, publicou a defesa de seus colegas de elenco no Twitter, ao mesmo tempo que confessou já ter sido vítima de assédio sexual no passado.

“Como alguém que já foi assediada sexualmente, estou profundamente perturbada que alguém pense que não há problema em acusar falsamente alguém de assédio sexual”, escreveu a atriz no tweet.


“É por isso que alegações de assédio reais às vezes não são levadas a sério, você deve ter vergonha. Isso é nojento”, continua o tweet de Petsch.

Veja a publicação original da atriz de Riverdale logo abaixo.

Declarações do elenco

Outros membros do elenco de Riverdale também se manifestaram sobre a acusação. Cole Sprouse e Lili Reinhart ambos publicaram em suas respectivas redes sociais, negando e repudiando as alegações contra eles.

“Levo essas acusações muito a sério e trabalharei com as equipes certas para chegar à raiz delas. Acusações falsas causam um tremendo dano às vítimas reais de abuso”, disse o ator de Riverdale, após negar o fato.

Já Reinhart, também no Twitter, disse que pode tomar ações legais contra o usuário anônimo que os acusou.

“Estamos pensando em tomar medidas legais. Esse tipo de comportamento doente só prejudica os verdadeiros sobreviventes [de violência sexual]. Isso foi incrivelmente assustador para mim, porque sempre apoiei os sobreviventes e acreditei neles”, escreveu Reinhart.

O elenco de Riverdale retorna para uma quinta temporada, prevista para 2021.