Atriz de Stranger Things revela como Keanu Reeves a defendeu em filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Winona Ryder, a Joyce Byers de Stranger Things, revelou que
Keanu Reeves já recusou as ordens de Francis Ford Coppola de gritar com ela no
set de Dracula de Bram Stoker.

Na adaptação de Dracula de 1992, Keanu Reeves deu vida a
Jonathan Harker, enquanto que Winona interpretou sua noiva, Mina Murray.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz de Stranger Things disse que, durante a cena em que
o Dracula de Gary Oldman se transforma em uma pilha de ratos, o diretor
repetidamente gritou “sua p*ta” para a atriz, na tentativa de fazê-la chorar.

Francis Ford Coppola ainda tentou fazer o restante do elenco masculino de Dracula se juntar a ele nos gritos. Keanu Reeves foi sensato e negou.

Agressão verbal no set

Em entrevista ao Sunday Times, Winona Ryder contou sobre o
caso no set de Dracula de Bram Stoker.

“Para colocar em contexto, eu deveria estar chorando”, disse
a atriz de Stranger Things.

“Literalmente, Richard E Grant, Anthony Hopkins e Keanu…
Francis estava tentando fazer todos eles gritarem coisas que me fariam chorar”,
continuou Ryder.

“Mas Keanu não fez isso, Anthony não fez isso… não
funcionou. Eu fiquei tipo, ‘sério?’. Meio que surtiu o efeito oposto”, disse a
atriz.

A estrela de Stranger Things ainda disse que Francis Ford
Coppola e ela estão ‘bem agora’ e que a experiência rendeu sua amizade com Keanu
Reeves, que continua até hoje.

Atualmente, a atriz lidera o elenco de Stranger Things, cuja
quarta temporada está prevista para 2021. Já Keanu Reeves vai estrelar Matrix 4,
previsto para 2022.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio