Pesquisas mostram que a quarentena por causa do coronavírus (COVID-19) pode não fazer bem para casais. Ao que parece, isso não é diferente em Hollywood.

Para muitos é um desafio ficar o tempo inteiro em casa, o que pode causar atritos em relações. O The Blast garante que isso aumentou um possível desgaste no casamento de Ashton Kutcher e Mila Kunis.

O portal afirma que os famosos, que trabalharam juntos em That ’70s Show, estavam em crise há algum tempo. A quarentena não ajudou nesse relacionamento, o que pode levar a um divórcio do casal.


A informação é que Ashton Kutcher e Mila Kunis estariam discutindo praticamente o tempo inteiro. A grande briga teria começado com o desentendimento sobre uma mansão do casal.

Fim do casamento?

O The Blast não esclarece o desentendimento relacionado ao imóvel. Porém, sabe-se que a primeira mansão do casal está sendo vendida por R$ 75 milhões.

Localizada em Beverly Hills, a mansão foi comprada em 2014, um ano antes do casamento de Ashton Kutcher e Mila Kunis. Aparentemente, um dos dois teria ficado insatisfeito com o negócio.

O site ainda garante que tentou entrar em contato com os famosos. Porém, o casal não se pronunciou sobre o rumor.

Se a notícia for verdadeira, esse pode ser o fim de um casal que teve uma longa história de amor.

Os dois se conheceram na adolescência, quando estrelaram That ’70s Show. Ashton Kutcher, inclusive, foi o primeiro beijo de Mila Kunis na TV, uma vez que os dois viveram um casal na comédia.

Mesmo com grande química, Mila Kunis namorou Macaulay Culkin entre 2002 e 2011. Enquanto isso, o ator ficou com Demi Moore entre 2005 e 2011.

Solteiros, os dois engataram um romance em 2012. Em 2015, finalmente se casaram. Os famosos são pais de Wyatt, de 5 anos e Dimitri, de 3 anos.

Aos fãs curiosos, That ’70s Show pode ser vista na Netflix.