Ex de Leonardo DiCaprio cumprirá serviço comunitário e mãe ficará na cadeia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A modelo e ex de Leonardo DiCaprio, Bar Refaeli, assinou um acordo judicial e cumprirá serviço comunitário, de acordo com o jornal The Times of Israel. A mãe da modelo, Tzipi, passará 16 meses na cadeia.

O caso é de evasão fiscal. A lei de Israel determina que impostos sejam pagos de acordo com o tempo do ano passado no país. Entre 2009 e 2012, Bar Refaeli afirmou que não havia estado a maior parte do tempo em Israel e, portanto, não precisava declarar o que ganhara.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os promotores do caso rejeitaram as afirmações e a acusaram de fornecer informações erradas durante o período. Ela tentou classificar o relacionamento com Leonardo DiCaprio, na época, como uma unidade familiar, mas foi rejeitada.

Os advogados da modelo disseram que o acordo judicial provou que ela não havia intencionalmente violado a lei, mas que, agora, está tomando a responsabilidade pelos erros.

Além do serviço comunitário, Bar Refaeli e sua mãe terão que pagar US$2,3 milhões de volta ao Estado em impostos, além de uma multa de mais US$725 mil.

Mãe de modelo deve ir presa

A mãe de Refaeli era também sua agente e foi acusada dos mesmos crimes, além de “ajudar outra pessoa a realizar a evasão de impostos”.

Tzipi foi acusada de fazer empréstimos usando assinaturas de outros membros da família, para parecer que a filha estava menos no país do que realmente estava. Ao mesmo tempo, ela também não declarou a própria renda enquanto agente.

Tzipi deve encarar 16 meses na prisão enquanto a ex de Leonardo DiCaprio cumpre serviço comunitário.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio