Para vários fãs da Marvel ao redor do mundo, Tobey Maguire ainda é o melhor Homem-Aranha do cinema.

O ator interpretou o personagem de 2002 a 2007, numa trilogia comandada por Sam Raimi. Mas quem o viu como o doce Peter Parker pode nem acreditar que o astro teve um passado muito problemático.

Em uma longa entrevista dada ao Guardian há algum tempo, Tobey Maguire revelou diversos detalhes sobre sua juventude que os fãs não sabiam.


Juventude difícil

Por exemplo, o ator admitiu que, na adolescência, ficou viciado em drogas que “mexiam na mente”. No entanto, ele tratou de superar esse vício ainda muito cedo.

“Eu parei de consumir substâncias que mexiam na minha mente quando tinha 19 anos. Desde então, nunca mais as usei”, contou.

Aparentemente, o ator teve uma infância muito pobre. Ele chegou a ficar num abrigo por uma noite.

“Eu era muito pobre quando era criança. Tudo é relativo, mas nós aceitávamos coisas dos vizinhos. Nós dormíamos com parentes e, durante uma noite, ficamos num abrigo. Minha família tinha cupons de alimentos e seguro médico do governo. Eu queria sair dessa vida. Minha ambição era ganhar dinheiro. Eu estava muito motivado.”

“No início dos meus vinte anos, comecei a fazer filmes e me tornei conhecido, mas acho que não me entreguei a um nível anormal de fama”, adicionou o ator. “Na adolescência, eu tinha dificuldade em tomar algumas decisões na vida e mudar parte do meu comportamento. Mas estou sóbrio desde os 19 anos.”

Tobey Maguire atualmente está um pouco afastado da atuação, mas pode trabalhar no vindouro Babylon, com Brad Pitt e Emma Stone.

Depois de Tobey Maguire, Andrew Garfield e Tom Holland viveram o Homem-Aranha. O último é o atual intérprete do personagem.