O ator Johnny Depp já havia acusado Amber Heard de trai-lo com o bilionário Elon Musk anteriormente. Mas segundo o astro, havia mais uma pessoa envolvida no relacionamento.

De acordo com o Daily Mail, Depp acusou Heard de manter um relacionamento a três com Musk e a modelo e atriz Cara Delevingne, quando eles ainda estavam casados. A alegação é parte do processo por difamação de US$ 50 milhões que Johnny Depp está movendo contra Amber Heard.

Vizinho de Johnny Depp e Amber Heard quando ainda eram casados, Josh Drew revelou em uma sessão na corte que a atriz esteve com Cara Delevingne e Elon Musk no apartamento do ator em Los Angeles em meados de 2016. Drew foi casado com Raquel ‘Rocky’ Pennington, melhor amiga de Heard.


Relacionamento extraconjugal a três

“Rocky te contou que Amber Heard estava tendo um caso com Cara Delevingne enquanto estava casada com Johnny Depp?”, perguntou o advogado de Johnny Depp na sessão na corte.

“Sim”, respondeu Drew.

“Ela já te contou que, enquanto Amber ainda era casada com Johnny Depp, que eles três – Amber Heard, Elon Musk e Cara Delevingne – passaram a noite juntos?”, questionou o advogado.

“Sim”, respondeu Drew mais uma vez.

O advogado então perguntou: “Então eles estavam tendo um relacionamento a três, correto?”

“Em meu entendimento, sim”, respondeu Drew.

Além disso, a chefe da portaria do prédio onde Johnny Depp e Amber Heard moravam contou que viu um momento em que Heard subiu para o apartamento com Cara Delevingne e Elon Musk.

“Cara estava subindo e descendo com Elon e Amber”, disse em um depoimento. “Eles estavam pressionando o botão várias vezes e depois não conseguiram descobrir como voltar, então subiram as escadas.”

A equipe de Johnny Depp está considerando intimar Cara Delevingne. Eles querem descobrir se ela tem alguma informação que possa ser relevante para o processo.

Johnny Depp e Amber Heard se divorciaram em 2016. A atriz acusou o astro de violência doméstica, mas ele insiste que nunca a agrediu e que era ela a pessoa abusiva do relacionamento.