Polêmica! Vídeo com Michael Jackson e Naomi Campbell é banido da África do Sul

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Michael Jackson morreu há pouco mais de dez
anos, e ainda deixa saudades em fãs do mundo inteiro. O Rei do Pop teve uma
carreira astronômica, marcada pelo talento, polêmicas e muito dinheiro.

A vida do astro sempre foi conhecida por estar
envolta em mistérios e grandes controvérsias. Detalhes interessantes foram
revelados após sua morte.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O estilo musical de Michael Jackson era
extremamente único e conhecido. O artista influenciou inúmeras das maiores
estrelas da música atual.

Um dos clipes mais icônicos do cantor é “In The Closet”, que conta com a participação especial da supermodelo Naomi Campbell. O vídeo, no entanto, foi banido na África do Sul. Confira abaixo o motivo!

Polêmica

Michael Jackson originalmente queria que sua
música “In The Closet” fosse um dueto com Madonna. A Rainha do Pop queria que o
Rei participasse do clipe como drag queen, para que a música conquistasse a
comunidade LGBTQ. Michael Jackson não gostou da ideia, e essa versão nunca
chegou a ser gravada.

O clipe oficial foi uma ideia do famoso
fotógrafo Herb Ritts, que afirmou que o vídeo deveria mostrar Jackson dançando
com Naomi Campbell, que na época era a modelo mais famosa do mundo.

De acordo com uma das biografias do cantor,
Michael Jackson e Naomi Campbell se entenderam muito bem, e desenvolveram uma
relação de amizade nas gravações. Os dois chegaram até a participar de uma
guerra de comida.

O clipe acabou banido na África do Sul por ser “sexualmente
provocativo”. O vídeo não inclui cenas de nudez, mas mostra Campbell e Jackson
dançando juntos, de maneira que pode ser considerada sugestiva por alguns.

Comparado a clipes atuais, “In The Closet” não
é nem um pouco sugestivo. A informação pode ser usada para mostrar como a
percepção do mercado musical mudou desde os anos 90.

Naomi Campbell continuou amiga de Michael Jackson até a morte do cantor, em 2009. No aniversário de 10 anos do falecimento do Rei do Pop, a supermodelo postou uma homenagem em seu Instagram, afirmando que Jackson estaria “para sempre em seu coração”.

Confira o clipe abaixo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio