Uma sobrinha de Michael Jackson usou o Instagram para fazer uma chocante denúncia. Yasmine foi esfaqueada por uma vizinha e revelou os ferimentos na rede social.

A publicação da mulher ainda dá conta que a motivação do crime foi racismo. Os ferimentos foram feitos principalmente no rosto, como destacou a jovem.

A sobrinha de Michael Jackson levou sete golpes. Além do crime, Yasmine contou que foi salva após gritos de ajuda.


“Fui esfaqueada sete vezes na minha casa porque sou negra. Essa mulher me perseguiu e começou a me esfaquear. Ela disse que era porque eu era negra e isso era tudo que eu conseguia ouvir enquanto estava sendo esfaqueada”, relatou a sobrinha de Michael Jackson.

Yasmine comentou que tem medo de ficar sozinha após o crime. A sobrinha de Michael Jackson mora em Las Vegas e é enfermeira.

“Não consigo mexer meu pescoço. Estou com medo de ficar sozinha. Pedi às pessoas que me ajudassem porque ela estava me esfaqueando e ninguém ajudou. Até que alguém o fez, na verdade algumas pessoas o fizeram e eu sou grata a vocês. Peço a Deus que se tiver algum tipo de ódio em seu coração contra os negros que você modifique isso. Eu não mereço isso, ninguém merece. Ah, e ainda me orgulho de ser negra”, completou a vítima.

Yasmine também pediu ajuda para justiça, que quer acusar a criminosa por agressão apenas. A sobrinha de Michael Jackson pediu que a agressora seja acusada de tentativa de assassinato e crime de ódio.

Confira publicações com os ferimentos de Yasmine abaixo.

Relação com a família de Michael Jackson

Yasmine não é próxima da família de Michael Jackson. A neta de Joe Jackson não foi bem aceita porque a mãe dela, Joh’Vonnie, é fruto de um relacionamento fora do casamento do pai do Rei do Pop.

Apesar de não existir o relacionamento das duas com o restante da família, Joe Jackson assumiu a filha e a neta. Os três mantiveram forte relação até 2018, quando Joe Jackson faleceu.

Nas redes sociais, Joh’Vonnie também relatou o crime. A meia-irmã de Michael Jackson lamentou o que aconteceu com a filha.

“Veja o que essa mulher fez com minha filha, ela tentou matar minha filha por ser negra. Minha filha tem um bom coração e dedica seu tempo como enfermeira para ajudar os outros. Ela não merecia isso”, destacou a mãe.

Mãe e filha não voltaram a se pronunciar após as publicações.