Zendaya atualmente é mais conhecida como a MJ dos filmes do Homem-Aranha no MCU e como a protagonista da série Euphoria, exibida pela HBO. Alguns fãs não sabem, mas a atriz começou sua carreira no Disney Channel, na série KC: Agente Secreta.

Diferentemente de outras estrelas da Disney, Zendaya teve a oportunidade de atuar em outros projetos ao mesmo tempo em que protagonizava a série infanto-juvenil. Após deixar a empresa, a atriz revelou detalhes polêmicos sobre sua experiência.

Não é incomum que estrelas e astros da Disney sofram com as repercussões da fama em um momento de imaturidade. Zendaya foi uma delas.


Confira abaixo detalhes sobre a experiência de Zendaya na Disney!

Obrigações e polêmicas

Todos sabem que as estrelas da Disney são forçadas pela empresa a assumirem uma “persona” específica para a mídia. A imagem dos representantes do Disney Channel sempre é cuidadosamente cultivada para agradar a maior parte do público e acima de tudo evitar polêmicas.

O caso de Zendaya foi diferente. Como a atriz não era motivada necessariamente pelo dinheiro, ela não sentiu nenhuma pressão para aceitar papéis que não tinham seu estilo. 

No entanto, enquanto estava co-protagonizando a série Shake It Up, junto com Bella Thorne, Zendaya foi incentivada a usar uma voz mais aguda em entrevistas, o que era comum em atrizes da Disney.

“Lentamente, eu percebi que fazer algo assim era estúpido. As pessoas acham que eu sou legal quando sou apenas a Zendaya”, afirmou a atriz em entrevista.

De acordo com a atriz, as gravações dos programas da Disney também prejudicaram seu relacionamento com a família e desenvolvimento pessoal.

“Quando eu consegui meu primeiro trabalho no Disney Channel, eu tinha apenas 13 anos. Meu pai e eu nos mudamos para um apartamento em Los Angeles. Era muito difícil, eu estava lidando com momentos pivotais na vida de uma garota. Eu lembro de menstruar pela primeira vez e não saber o que estava acontecendo”, revelou Zendaya.

Bella Thorne, que também revelou detalhes polêmicos sobre sua vida na Disney após deixar a emissora, afirmou que ela e Zendaya eram incentivadas a competir por popularidade.

Zendaya e eu fomos colocadas em uma posição desconfortável. Nós éramos meio que forçadas a competir, o que deixou a primeira temporada meio constrangedora. Nós nos adorávamos, mas os produtores queriam que nós brigássemos”, revelou Thorne.

Outro fato que diferenciou a experiência de Zendaya na Disney foi o fato da atriz contar com uma quantidade considerável de controle criativo em sua série KC: Agente Secreta. Foi ela quem insistiu que a série focasse em uma família mais diversa.

“Uma coisa que sempre foi importante para mim é a representatividade. É difícil para alguém jovem olhar para a TV e não ver ninguém com a mesma composição étnica”, contou Zendaya.

A atriz também sofreu com o racismo durante as gravações e eventos de divulgação das séries do Disney Channels.

“Eu não gostei do meu cabelo e maquiagem em um certo ensaio fotográfico. E o publicista disse: ‘Você deve ficar feliz, já tem um tempão que eles não colocam uma garota preta na capa. Comparada com os meus irmãos e irmãs de pele mais escura, é claro que reconheço meus privilégios. Mas sinto responsabilidade de ser uma voz para todos os belos tons do meu povo”, afirmou Zendaya.

Zendaya retorna na segunda temporada de Euphoria, produzida pela HBO.