A primeira temporada de Lista Negra (The Blacklist) levou os espectadores a uma aventura. Do episódio piloto em que o criminoso Raymond “Red” Reddington (James Spader) se entregou ao FBI até o momento em que Meera Malik (Parminder Nagra) foi morta, o programa nunca seguiu o caminho esperado.

Dito isto, a vida pessoal de Nagra também não.

Muitos podem não saber o nome de Parminder Nagra, mas a estrela de The Blacklist é instantaneamente reconhecível em projetos como o filme de 2002, Driblando o Destino, ou seus seis anos de trabalho em Plantão Médico.


Em 2013, Nagra tinha dezenas de créditos em seu nome, incluindo Psych – Agentes Especiais, Uma Garota Encantada e muitos mais. Quando The Blacklist apareceu com o papel de Meera Malik, a atriz já estava muito pronta.

Os produtores Jon Bokenkamp e John Eisendrath escalaram Nagra como uma atriz regular no drama criminal da NBC.

“É um trabalho forte e fortalecedor ser uma das duas principais personagens femininas no programa. Há apenas Megan Boone e eu, e ambas as nossas personagens são muito duronas”, disse Nagra (via Stuff).

“Temos muita coragem. Minha personagem está na CIA e tem uma história sombria de feitos passados ​​sobre os quais ninguém sabe muito. Os escritores poderiam levá-la em todos os tipos de direções diferentes.”

Em termos de sua carreira no momento em que entrou para The Blacklist, Nagra revelou como tudo foi surreal.

“Foi um momento estranho. Faço isso há muito tempo, então espero que eu saiba o que estou fazendo agora”, disse ela.

“Eu tinha 26 anos quando participei de Driblando o Destino, mas é incrível pensar que eu já estava atuando há 10 anos antes disso.”

Dito isto, enquanto a vida profissional de Nagra continuou melhorando ao lado do ator veterano Spader, sua vida pessoal tomou uma verdadeira bagunça.

Polêmico divórcio

Nagra se casou com o fotógrafo e cineasta James Stenson, em 2009 – seis anos depois de começarem a namorar. Três anos depois, Nagra pediu o divórcio e tudo se tornou um caos.

Este divórcio foi notável porque Nagra alegou que seus ganhos na carreira eram muito menores do que eram durante os seis anos de namoro (quando ela apareceu em Plantão Médico como uma atriz regular).

Em uma ação movida após o fato, Stenson afirmou que os dois prometeram “compartilhar seus ganhos”, pois eram considerados “parceiros da vida” antes do casamento. Stenson também alegou que Nagra estava escondendo dinheiro através de uma empresa de fachada para não compartilhá-lo com Stenson.

De acordo com várias fontes, incluindo a TMZ, Stenson disse que deixou o emprego quando Nagra entrou para Plantão Médico para gerenciar suas vidas em Los Angeles, incluindo as três casas que compraram antes do casamento.

No processo inicial, Stenson pediu US$ 500 mil e 50% de cada uma das três casas. A estrela passou a aparecer em outros projetos notáveis, como 13 Reasons Why da Netflix e Deus Me Adicionou da CBS.

Em 2013 – quando The Blacklist estreou -, Nagra e Stenson chegaram a um entendimento através de um acordo de divórcio.

Nagra ficou com “todo o seu dinheiro, incluindo resíduos e royalties, sua casa na Califórnia avaliada em mais de US$ 700 mil, sua casa no Reino Unido, avaliada em US$ 1,5 milhão, lucros com a venda de uma propriedade de aluguel e três dos quatro carros do casal”, acrescentou a TMZ.

Já os ganhos de Stenson incluíram “US$ 450 mil em lucros com a venda de aluguel, US$ 1.226 por mês em pensão alimentícia para o filho de 4 anos, o quarto carro e sua empresa de fotografia”.

The Blacklist já foi renovada para a oitava temporada, mas ainda não há data de lançamento. No Brasil, a série está disponível na Netflix.