Dean Cain, ator de Lois e Clark: As Novas Aventuras do Superman, virou piada entre os fãs da DC. Tudo começou com declarações do artista nas redes sociais e em um texto escrito para Time.

O ator de Superman é conhecido por ser conservador e trouxe polêmica ao questionar os movimentos que protestam contra o racismo e brutalidade policial nos Estados Unidos. Entre os argumentos, Dean Cain usou até o próprio Superman.

O famoso, que é um policial da reserva nos Estados Unidos, defendeu que quando as pessoas estão em perigo, elas chamam a polícia. Para Dean Cain, eles são os “verdadeiros heróis”.


“Policiais existem para servir e proteger e eles fazem um trabalho fantástico. Essa coisa toda de cultura de cancelamento que estamos vivendo é maluca, uma versão inicial do 1984, do George Orwell. Está tudo invertido, guerra é paz, liberdade é escravidão, ignorância é força”, afirmou o ator.

Depois, o ator completou afirmando que o Superman não pode mais representar o “jeito americano”.

“Como Superman, eu não poderia dizer: verdade, justiça e o jeito americano”, destacou o famoso.

Os fãs da DC riram do ator após a colocação. O que acontece é que o Superman é de Krypton, ou seja, um imigrante.

Os internautas responderam que Dean Cain nunca mais deveria viver o Superman. Além disso, lembraram que Clark Kent poderia ser deportado no momento atual dos Estados Unidos.

Escritor da DC xinga ator

A confusão não parou por aí. No Twitter, o escritor da DC, Tom King, também debochou do ator de Superman.

O quadrinista publicou uma página de quadrinhos no Twitter. Nela, o Superman parece acreditar no jeito americano de viver.

“Filha da p***, coloquei isso neste ano nos quadrinhos”, escreveu King.

Dean Cain respondeu que isso mostrava que ele estava correto, mas que King não precisava usar um palavrão para expressar isso. O escritor da DC voltou a responder o ator com outra polêmica – o famoso estava encorajando que as pessoas não usassem máscaras.

“O Filho da p*** foi porque você usa sua plataforma para encorajar que as pessoas não usem máscaras, o que custará vidas – o oposto do que você faz. Eu não sei se sou durão, mas eu lutei pelo meu país no outro lado do mundo e não apenas usei uma capa na frente das câmeras”, rebateu o escritor da DC.

Confira as publicações da discussão abaixo.