Bob Morley, uma das estrelas de The 100, é acusado de ter abusado verbalmente e psicologicamente da ex-namorada, Arryn Zech. A dubladora também relatou uma traição por parte do ator com uma colega de elenco.

A denúncia foi feita nas redes sociais com o print de uma carta escrita por Arryn, após ela fazer o relato em transmissão no Twitch. A artista contou em detalhes como foi o relacionamento com Bob Morley.

Os dois namoraram por mais de 3 anos. Após a relação, o ator de The 100 começou a namorar Eliza Taylor, a atual esposa dele. Arryn revela que era amiga de Eliza e que as traições de Bob Morley foram com a atriz.


“Bob abusou emocionalmente e verbalmente de mim. Eu não posso contar quantas vezes ele gritou comigo. Fui repreendida por coisas tão tolas como não saber o que Akira era quando perguntado, depois de dizer que conheci o anime apenas uma vez. Por compartilhar um poema que escrevi e ter audácia em pensar que era bom. Por dormir demais”, diz a dubladora em um trecho.

Arryn, que é bissexual, disse ter contado isso para o ator de The 100. A dubladora comentou qual foi a reação que Bob Morley teve.

“Quando ele descobriu que eu sou bissexual, ele ficou furioso. Dizendo coisas como, que eu obviamente nunca seria o suficiente para ele, que eu gostaria de estar com mulheres ou que o trairia. Depois daquele dia, nunca mais falei sobre a minha sexualidade. Fiquei calada e com medo de que isso apenas o enfurecesse”, relata Arryn.

A dubladora também contou que foi abusada sexualmente em uma convenção. Porém, o então namorado dela a acusou de traição no lugar de ficar revoltado com o crime que a artista sofreu.

Ao mesmo tempo, Arryn comenta que alguns fãs de Bob Morley costumavam ofendê-la. O ator, no entanto, brigava com ela para que não denunciasse os fãs dele.

Traição com atriz de The 100

Ao relatar o caso de suposto relacionamento abusivo, Arryn comentou que Bob Morley a afastou de amigos e familiares. O ator também tinha ciúmes exagerado da ex.

“Lembro-me de uma noite em que estava conversando com um amigo do ensino médio em Los Angeles. Bob estava em outro país, mas me mandou uma mensagem a noite inteira, zangado comigo por estar com essa pessoa, por não saber o que estávamos fazendo, então terminei a noite em lágrimas sozinha em casa”, conta a artista.

A dubladora também afirma que o namoro era uma “competição” para Bob Morley. O ator teria “rancor” das conquistas dela.

“Ele me chamava de patética com frequência. Fiquei sem gás, manipulada e isolada por três anos e meio. Eu pensei que essa seria minha vida para sempre e eu só tinha que chegar a um acordo com essa realidade”, destaca Arryn.

De repente, Bob Morley terminou com a dubladora. Arryn relata que o ator fez isso para ficar com a colega de The 100.

Porém, os dois estavam tendo um caso há 6 meses. A dubladora chegou a pegar os dois em uma câmera que esqueceu montada na casa deles.

“Nós três estávamos constantemente juntos na segunda metade do relacionamento, sendo forçada a ser amiga dessa garota que ele insistiu que odiava um ano antes. Eu os ouvia sussurrar ou via como eles se olhavam. Eu perguntei a Bob se ele gostava dela, para ser sincero comigo, mas descobri que eles esperavam que eu saísse da sala para sussurrar o quanto eles se amavam e depois parassem quando eu voltava, era nojento. Os dois me torturaram com isso por meses”, relembra a ex do ator.

No fim do relacionamento, Bob Morley ainda teria ficado com um casa que foi alugada por Arryn. A ex apenas entregou para o ator por medo dos fãs dele, que ficariam irritados ao descobrir que ela tentava arrumar uma colega de quarto.

Os atores de The 100 não se pronunciaram sobre as acusações.

No momento, a série exibe a 7ª e última temporada nos Estados Unidos. Confira abaixo o relato da dubladora.