Lançado em 2019, Capitã Marvel representou uma transformação no MCU. Além de ser o primeiro filme da franquia a ser protagonizado por uma mulher, o longa ajudou a elevar ainda mais a carreira de Brie Larson.

Mas nem tudo são flores no MCU… Capitã Marvel foi alvo de uma campanha de trolls que visava acabar com o alto nível de aprovação do filme. A própria Brie Larson causou ira em fãs intolerantes ao se posicionar em causas feministas.

Agora, em um novo empreendimento, a atriz continua sendo alvo de ataques organizados e muitas críticas de internautas.


Confira abaixo tudo sobre essa polêmica!

Controvérsia 

Recentemente, Brie Larson publicou o primeiro vídeo em seu canal no YouTube. A atriz inaugurou a página falando exatamente sobre sua decisão de produzir conteúdo para o site.

Desde então, Larson vem publicando vídeos sobre sua rotina, videogames e entrevistas com personalidades interessantes.

A estrela da Marvel começou sua empreitada há três semanas, e já tem mais de 300 mil seguidores. O número não impressionou  outros youtubers, que se juntaram para atacar a atriz.

Um criador de conteúdo que administra um canal conhecido como Geeks and Gamers zoou a “baixa quantidade” de seguidores no canal de Brie Larson.

No entanto, o mesmo criador de conteúdo mudou o tom quando os números do canal de Brie Larson começaram a crescer. 

O YouTuber afirmou, sem provas ou evidências, que era o responsável pelo crescimento de seguidores no canal da Capitã Marvel

Felizmente, Brie Larson tem coisas mais importantes para fazer e nem se prestou a responder as críticas infundadas do responsável pelo Geeks and Gamers.

Confira abaixo o primeiro vídeo do canal de Brie Larson no YouTube!