O julgamento do processo de Johnny Depp contra o The Sun continua.

O jornal britânico chamou o ator de Piratas do Caribe de “espancador de esposa” e agora uma estrela de Stranger Things deve testemunhar a favor de Depp.

A declaração do jornal foi feita após Amber Heard acusar o ex-marido, Depp, de tê-la agredido pouco antes de se divorciarem.


Segundo o Page Six, Winona Ryder se envolverá no caso sendo julgado atualmente e testemunhará a favor de Johnny Depp, dizendo que nunca foi abusivo durante seu relacionamento com ela.

A atriz de Stranger Things aparecerá por meio de transmissão em vídeo no Tribunal Superior de Londres. Ela deve dizer que Johnny Depp é um “cara extremamente carinhoso”.

Winona Ryder teve um relacionamento com Johnny Depp entre 1990 e 1993.

Mensagens perturbadoras

Ainda no julgamento, foi divulgada uma troca de mensagens bastante perturbadora entre Johnny Depp e seu amigo, ator de Vingadores: Ultimato, Paul Bettany (o Visão da Marvel).

As mensagens começam já de forma desrespeitosa, com piadas fazendo alusão às partes íntimas da atriz de Aquaman, com os dois fazendo “piadas” envolvendo a depilação da atriz.

Tudo fica verdadeiramente perturbador quando o ator de Vingadores diz:

“Não tenho certeza se deveríamos queimar Amber. Ela é uma ótima companhia e agradável aos olhos. Poderíamos, é claro, seguir o caminho inglês e fazer um teste de afogamento”, escreveu Paul Bettany. “O que você acha? Você tem uma piscina”.

“Vamos afogá-la e depois queimá-la!!! Eu vou fod*r seu corpo queimado depois, para ter certeza que ela está morta”, respondeu Johnny Depp.

Bettany, por sua vez, responde: “Exatamente o que eu pensei. Precisamos ter certeza antes de dizer que ela é uma bruxa”.

Segundo Johnny Depp, ele e Paul Bettany disseram que ela era uma “bruxa” em razão do comportamento da atriz de Aquaman em relação ao uso de álcool e drogas do ex-marido.

“Eu fiquei ressentido com o fato da Srta. Heard ser muito agressiva e ofensiva em relação ao meu consumo de álcool, ou cocaína. Ela não gostava do Sr. Bettany e sinto que ela não gostava muito de mim e constantemente falava sobre coisas que não existiam”.

Johnny Depp explicou que essas “coisas que não existiam” incluíam o fato de Amber Heard acreditar que ele se tornava um “monstro” sob efeito de drogas e álcool.

Mais detalhes sobre o julgamento devem ser divulgados nos próximos dias.