Matt Fiddes trabalhou como guarda-costas para Michael Jackson nos anos anteriores à morte do cantor.

Ele deu uma entrevista ao podcast de Scott McGlynn em que conversou sobre sua experiência com o astro da música. Entre outras coisas, o ex-guarda-costas revelou se Michael Jackson tinha mesmo um “quarto secreto para crianças”, como havia sido alegado no documentário Deixando Neverland.

“Os críticos tentam dizer que ele construiu um quarto secreto para crianças. Eu estava lá quando ele comprou a casa. Na verdade era um quarto do pânico.”


Rebatendo acusações

“O cara era multibilionário e era completamente normal ter um quarto do pânico”, contou. “Você empurrava uma porta e ele tinha coisas lá dentro para mantê-lo entretido por alguns dias, até que um problema fosse resolvido.”

“Muitas vezes as pessoas apareciam de repente e os alarmes disparavam. A equipe de Neverland costumava dizer para ele entrar no quarto. Portanto, não era um quarto secreto. As pessoas inventam as coisas mais ridículas.”

O ex-guarda-costas, que atualmente é empresário e personal trainer, revelou que músicas inéditas de Michael Jackson podem ser reveladas em breve. Além disso, uma cinebiografia está oficialmente em desenvolvimento.

“Acho que vão lançar mais alguns álbuns. Haverá uma cinebiografia, como a de Freddie Mercury. Estão tentando fazer o mesmo com Michael Jackson. Muitas coisas vão acontecer. É uma pena que sua reputação tenha sido manchada por essas acusações malucas.”

Tido como um dos maiores artistas da música de todos os tempos, Michael Jackson morreu em 2009.